Entenda como os carros autônomos estão cada vez mais próximos do nosso dia a dia

Os autônomos são, sem sombra de dúvidas, o futuro da mobilidade. É verdade, ainda vai levar algum tempo para que o ser humano atrás do volante seja definitivamente aposentado, mas na CES deste ano, mais precisamente no enorme pavilhão dedicado exclusivamente aos carros, a gente pode ter um gostinho de como devem ser os veículos do futuro; elétricos e autônomos, é claro!

Com design bastante futurísticos - mesmo para os dias de hoje - as principais marcas presentes no evento apresentaram conceitos e protótipos de como serão os modelos autônomos de nível cinco - quando já não necessitarão mais de uma "babá" humana. Alguns ainda trazem a opção do volante e pedais para quando o usuário quiser assumir o controle; sim, por puro prazer, não mais necessidade ou segurança. Outros podem ser vistos como verdadeiras cápsulas de transporte urbano, como este modelo funcional apresentado pelos alemães da Mercedes que deu show nas ruas de Las Vegas…

E quando este dia chegar, esqueça o estresse do trânsito, o caminho…seja lá o que for. Se as marcas tiverem realmente acertado na aposta, os carros que vão nos conduzir daqui alguns anos vão ser assim, como grandes salas de estar; ou, em alguns casos, uma grande central de entretenimento. Todos trazem telas que se distribuem ao redor da cabine, mas este exemplo apresentado pela Intel transformou o veículo em um verdadeiro cinema imersivo ambulante!

O caminho até este nível máximo de automação ainda é longo. A expectativa da indústria é que esse futuro que a gente viu aqui este ano só chegue às ruas em meados de dois mil e trinta ou seja, daqui uns 15 anos mais ou menos! De qualquer forma, até lá o trajeto e a evolução dos modelos autônomos, adaptados em carros normais, já é surpreendente.

Alguns carros mais novos e modernos, como você já viu aqui no Olhar Digital, trazem diversas funções de auxílio à condução - como o piloto automático adaptativo, que usa sensores e radares para seguir o carro da frente e frear quando necessário, até o reconhecimento de faixas de rolagem, que ajuda o motorista a manter o trajeto nas curvas. Mas este projeto apresentado pela NVidia é o que há de mais avançado de automação pronto para as ruas.

Se só de pensar como será esse amanhã dos autônomos a gente já fica viajando, olha só o que fez a BMW aqui em Las Vegas. A marca alemã, ao melhor estilo Ghost Rider - o motoqueiro fantasma - deu um show com uma motocicleta autônoma. Isso mesmo. Só vendo pra acreditar. Pode parecer bobo, mas a ideia, claro, não é criar uma moto que saia por aí sozinha e sim usar a tecnologia para melhorar a experiência em cima das duas rodas. O modelo poderia, por exemplo, facilitar uma curva, aplicar força nos freios para evitar uma derrapagem ou até ajudar em um momento que for preciso acelerar…

Você faz compras Online? Não deixe de conferir a extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.


RECOMENDADO PARA VOCÊ